Comida japonesa vegetariana: esse investimento vale a pena?

Comida japonesa vegetariana: esse investimento vale a pena?

De acordo com dados do IBGE, há 29 milhões de vegetarianos no Brasil. Se você é dono de um restaurante japonês, sabe que a comida japonesa vegetariana é uma opção a ser considerada.

Afinal, manter opções vegetarianas não só é um investimento: pode se transformar em um diferencial de mercado, voltado para um nicho que só cresce, cujo percentual de pessoas adeptas quase dobrou em 6 anos.  

Muito além da questão social!

Cada vegetariano tem as suas razões para abdicar do consumo de carne. Motivos religiosos, evitar o sofrimento animal, evitar contato com substâncias consumidas pelo animal que podem ainda estar na carne ou pela saúde do próprio ecossistema são algumas das justificativas mais frequentes.

Há, também, pessoas que não adotaram a dieta vegetariana integralmente, mas por uma questão de saúde (e, às vezes, estética) são adeptas ao consumo exclusivo de vegetais sempre que possível – e sempre que o restaurante oferece essa opção.

Em todos os casos, as pessoas vão querer poupar o peixe naquele hossomaki e optar pela comida japonesa vegetariana. Você precisa estar preparado para isso.

Marketing boca a boca dos vegetarianos!

Com o desenvolvimento desse nicho de mercado, há também os benefícios do Marketing boca a boca aos quais você não pode subestimar. Como é comum naquilo que está em ascensão, há muitas troca de informação sobre lugares e atrações que respeitam e se importam com o vegetarianismo.

Nesse ponto, você só tem a ganhar ao oferecer comida japonesa vegetariana: a comunidade de vegetarianos é muito unida e há muita troca de indicações dos melhores restaurantes com boas opções vegetarianas.  

Pratos vegetarianos são opções mais baratas

Algo que pouca gente pensa é que, ao fazer a substituição da carne de peixe pela fruta ou legume, o preço de custo do seu cardápio cai exponencialmente. Logo, ao adotar a oferta de comida japonesa vegetariana, a margem de lucro de seu negócio pode ser ampliada.

Além disso, você terá seu público cativo que sabe que você respeita os vegetarianos e se importa com eles.

Se eu não usar peixes, quais são as opções?

Há muitas opções para quem quer criar pratos da culinária japonesa com opções vegetarianas. Há cursos especializados que ensinam as técnicas. Entretanto, há algumas clássicas opções que são os perfeitos substitutos do salmão, do atum, do camarão e do kani. Veja:  

  • Tofu
  • Manga
  • Pepino
  • Berinjela
  • Cenoura
  • Abacate
  • Morango
  • Pimentão
  • Abobrinha
  • Shimeji
  • Shiitaki

Pratos quentes: como vai ficar o meu yakissoba sem carne?

O prato quente mais amado da culinária oriental leva 3 tipos de carne. Mas, no caso de um cardápio lotado de comida japonesa vegetariana, como ele ficaria?

Um dos campeões no cardápio dos vegetarianos é o Yakissoba de legumes. Ele não leva carne, nem frango ou camarão. Ele é apenas preparado com vegetais como acelga, brócolis, couve-flor, pimentão e cenoura. O preparo não muda e ele fica muito saboroso!

Acredite: ao implementar seu cardápio com opções vegetarianas, você terá muito mais pessoas saindo satisfeitas de seu restaurante. Se você precisa de ajuda com produtos para o seu restaurante oriental, clique aqui.

Deixe uma resposta

ESQUECEU A SENHA?
Esqueceu sua senha? Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por email.
Nós não compartilhamos seus dados pessoais com ninguém.
×

Carrinho